Portal do Governo Brasileiro

Semana do Meio Ambiente 2019 – Campus Araquari


Entre os dia 04 e 06 de junho de 2019, aconteceu a “Semana do Meio Ambiente” no IFC Campus Araquari. O evento agregou palestras, oficinas e ações sobre questões ambientais pelo campus, contando assim com a participação de um público variado — tanto de estudantes e profissionais do IFC, quanto de pessoas da comunidade externa.

A abertura da Semana do Meio Ambiente aconteceu na terça-feira, às 15h15, com uma performance realizada por estudantes e servidores, orientados pela professora Alessandra Klug e Daniel Ferro. A apresentação artística teve como principal finalidade mostrar que todos nós temos responsabilidades frente à defesa do meio ambiente.

Em seguida, a ação teve continuidade com mais duas palestras: “Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) – uma visão para soberania alimentar”, ofertada pela mestranda do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Ambiente, Tcharlata Françoise Stinghen, que falou da utilização de ervas daninhas como fonte alimentícia, no período da tarde.  Já à noite, aconteceu a palestra “Permacultura e Agrofloresta como meio sustentável de vida”, com o Engenheiro Ambiental Christian Duarte Maia, tratando da importância da sustentabilidade em todos os ciclos em seu estilo de vida, assim com a produção de alimentos de forma mais integrada com o meio ambiente.

No segundo dia, a partir das 8h, esteve presente no campus o “Jardim Móvel”, um projeto criado pela professora de Artes Alessandra Klug. O Jardim Móvel consiste num desdobramento móvel do jardim Adoniram Barbosa (Jardim do campus), que pode ser levado até diferentes áreas da instituição, carregando consigo a estética da beleza proporcionada pela natureza. A ideia principal foi a de que o jardim fosse transportado pelos monitores do Laboratório do Olhar até às salas de aula, sendo o jardim então hospedado em uma sala diferente a cada dia. Às 14h30, foi realizada a ação “Trilha das Abelhas sem Ferrão (ASF)”, cuja proposta foi feita também pela professora Alessandra Klug, que integrou arte e meio ambiente através da observação e contemplação das colmeias de abelhas sem ferrão — que estavam distribuídas em diferentes partes da instituição —, relacionando a existência humana com o equilíbrio da natureza.

Ainda na quarta-feira foi realizado o “Plantio de Árvores”, partindo do viveiro de mudas do IFC Araquari, às 13h30, com orientação dos servidores Luiz Antônio da Rocha Andrade, Daniel K. Schwiderke, Nelson J. da Silva e Vagner A. Ferreira. Os participantes da atividade plantaram aproximadamente 40 mudas de árvores – ipês amarelos – distribuídas em locais determinados pelos organizadores da atividade. Cada muda plantada representou uma turma do ensino médio, deste modo, os alunos envolvidos no plantio foram identificados através de uma plaquinha confeccionada por eles mesmos.

Outra ação realizada foi a “Oficina de reaproveitamento de alimentos”, regida pela professora de física Grasiela Voss, que ensinou a fazer o reaproveitamento das partes não ‘convencionais’ dos alimentos, além da diminuição da produção de lixo. Na oficina, os participantes, juntamente com a professora, prepararam duas receitas: uma de brigadeiro com utilização de cascas de bananas e outra de uma torta feita com sobras de arroz e talos de legumes.

No último dia, 06 de junho, estiveram disponíveis para visitação o “Projeto Adote uma Árvore” e o “Expresso da água”, sendo este último uma exposição de maquete no bloco E, que demonstrava o caminho da água do rio até o rio (captação, tratamento, distribuição, tratamento de esgoto e retorno ao rio), além de uma TV que transmitia vídeos sobre serviços da companhia. O “Projeto Adote uma árvore” — desenvolvido pela Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente (SAMA) — promoveu a doação de mudas de árvores.

A Semana do Meio Ambiente, por fim, teve como objetivo a sensibilização e conscientização de todos os participantes presentes sobre diversas questões ambientais, ensinando novas formas de se ver a vida no planeta Terra e estimulando um melhor aproveitamento do que a natureza tem para oferecer. Também, a ação buscou incentivar a preservação da fauna e da flora na contribuição de um futuro melhor para todos.

Texto: CECOM/Araquari – Laís Tedesco

Revisão: Raquel Rybandt

 


Categorias